Pergunte a um Astrônomo

Nome: 
Alex Cordeiro
Cidade : 
sorocaba
Pergunta
Se a postulação da matéria escura é necessária para se justificar a constatação dos efeitos de uma força gravitacional extra além daquelas decorrentes das matérias observáveis como, por exemplo, no centro das galáxias espirais, por que não bastaria , da matéria escura, a hipótese de que os corpos centrais das galáxias sejam mais massivos do que se supõe? Como se pode ter tanta certeza do valor da massa de Sagitarius A? Não pode haver um quasar no núcleo de Sagitarius A?
Resposta
A hipótese da matéria escura é necessária justamente porque os seus efeitos gravitacionais são constatados. Este não é só um efeito que aparece nos núcleos das galáxias espirais mas em diversos outros contextos e mesmo uma eventual estimativa errada das massas destas galáxias não explicaria outros efeitos. Por exemplo, o padrão de rotação observado nas galáxias espirais, a chamada "curva de rotação", só pode ser explicado se uma grande quantidade de matéria escura existir nas regiões externas destas galáxias. Quanto à massa do buraco negro supermassivo que existe no núcleo de nossa galáxia, conhecido como radiofonte Sagitário A, ele é muito bem determinado a partir da Terceira Lei de Kepler aplicada a uma amostra de estrelas cujas massas podem ser determinadas e que se deslocam em sua vizinhança. Acredita-se que quasares são o efeito de matéria turbilhonando ao entrar em um buraco negro supermassivo, assim, o que existe no centro de nossa galáxia não é um quasar ativo mas sim um buraco negro supermassivo inerte que já exauriu a matéria que existia em sua vizinhança.