INCLINE: Debate - A caminho da COP 21: preparando o terreno até Paris: mudanças climáticas, adaptações, soluções e oportunidades

Data: 
19/11/2015 - 09:30 - 12:30
Local: 
Sede do IEA/USP (Rua Praça do Relógio, 109, bloco K, 5º andar, Cidade Universitária)
 
“A caminho da COP 21: preparando o terreno até Paris”: 
mudanças climáticas, adaptações, soluções e oportunidades
 
QUEM CONVIDA?
O INCLINE (Núcleo de apoio a pesquisa da USP sobre mudanças climáticas), o IEA (Instituto de Estudos Avançados da USP), a USP, o Arq. Futuro, a CPFL, a Rede Brasileira do Pacto Global (UNGC) e o Conselho Mundial da Água convidam para a série de debates: “A caminho da COP 21: preparando o terreno até Paris”: mudanças climáticas, adaptações, soluções e oportunidades
 
QUANDO E ONDE?
Os debates irão ocorrer em Setembro, Outubro e Novembro, na sede do IEA, situado à rua Praça do Relógio, 109, bloco K, 5º andar, Cidade Universitária, 05508-050, São Paulo, SP. REFERÊNCIA: entre o MAC e a Biblioteca Brasiliana, das 9:30 as 12:30. Exceto o primeiro debate, que ocorrerá na Antiga Sala do Conselho Universitário, Rua da Praça do Relógio, 109, térreo, Cidade Universitária, Butantã, São Paulo, em 30 de setembro.
 
OBJETIVOS
O objetivo desta série de debates é de entender, debater, contribuir e identificar oportunidades para mudança nos padrões de emissões dos gases de efeito estufa, contribuindo para a resiliência dos sistemas naturais e antrópicos, adaptações  e dar suporte às políticas públicas locais e nacionais sobre o tema, e ao mesmo tempo, oferecer uma contribuição ao governo brasileiro e seus negociadores para a Conferência das Partes (COP21) sobre Mudanças do Clima, que ocorrerá em Paris, de 30 de Novembro a 11 de Dezembro.
 
OS TEMAS
Os principais temas destes debates, voltados para a identificação de oportunidades para redução das emissões, adaptações, para o desenvolvimento de tecnologias e soluções inovadoras, resilientes e voltadas para a transição para uma economia de baixo impacto de carbono, contemplando o nexus: água – energia – alimento e cidades, suas múltiplas interações e como respondem às mudanças climáticas.
 
  • As mudanças climáticas e a crise hídrica: o que vem sendo feito e deveremos fazer? 
Curador: Newton de Lima Azevedo – Governador brasileiro no Conselho Mundial da Água 
Debatedores: Sônia Chapman - Braskem
Pedro Jacobi - PROCAM/IEE - IEA - FEUSP
Mario Mendiondo - CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais
Mônica Porto - Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo
Data: 30 de setembro – das 16:00 às 18:30.
LOCAL: Antiga Sala do Conselho Universitário, Rua da Praça do Relógio, 109, térreo, Cidade Universitária, Butantã, São Paulo. 
 
  • As mudanças climáticas e a matriz energética: além do petróleo e a economia de baixo carbono: adaptação, negócios do clima e inovações tecnológicas 
Nesta mesa, os principais temas a serem tratados envolverão a relação entre as mudanças climáticas e a matriz energética, crescimento de novas fontes de energia, desenvolvimento de novas tecnológicas e consolidação de mercados para energias renováveis e política energética.
Modelos de negócios e investimentos em energia e as necessárias adaptações em função das consequências das mudanças climáticas, para que sejam atingidas as metas propostas pelos objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) e o aumento máximo de  2°C  na média da temperatura do planeta. 
Curadores: Carlo Linkevieius Pereira – CPFL
Debatedores: Marcio Severi 
Pedro Fernandes Chamochumbi 
Tasso Azevedo 
Zilmar de Souza
Data: 8 de outubro
Local: Sede do IEA – das 9:30 às 12:30
 
  • As mudanças climáticas e a segurança alimentar: conseguiremos alimentar 10 bilhões de pessoas? 
As principais questões a serem debatidas dentro deste tema serão: 
a) Como a agricultura irá alimentar 10 bilhões de pessoas
b) Como conciliar a produção de alimentos, fibra, energia de forma sustentável e consciente?
c) O papel da agricultura como importante vetor para adaptação e redução das emissões dos GEE
d) E agricultura como elemento chave para geração de renda e redução dos impactos em ambientes urbanos em cenários de instabilidade econômica, politica e ambiental e  das mudanças climáticas.
Curador: Marcelo Vieira - Sociedade Rural Brasileira
Debatedores: Paulo Faveret – BNDES 
Luiz Fernando Amaral – RABOBANK 
Weber Amaral – ESALQ - USP
Data: 14 de outubro
Local: Sede do IEA – das 9:30 às 12:30
 
  • As negociações internacionais em mudanças do clima e a posição do governo Brasileiro ADIADO
Curadores: Dr. Carlos Klink – Ministério do Meio Ambiente
Data: 29 de outubro
Local: Sede do IEA – das 9:30 às 12:30
 
  • As mudanças climáticas e as megacidades: mobilidade sustentável, saúde pública e planejamento do crescimento
Curadores: Tomas Alvim e Marisa Moreira Salles - Arq. Futuro
Data: 19 de novembro
Local: Sede do IEA – das 9:30 às 12:30
 
FORMATO:
Os debates terão o formato de “talk-show”, com o tema principal apresentado e moderado por curador(es) envolvido diretamente com o tema escolhido, o qual convida à participação três outros debatedores, representando a iniciativa privada, formuladores de políticas públicas e a academia. Neste formato, não haverá o uso de dispositivos audiovisuais ou PowerPoint, visando estimular o debate e a participação do público.
 
Os resultados dos debates serão consolidados em um único documento, o qual será levado a COP21 em eventos paralelos, e entregue ao Governo Brasileiro. Após a COP21, será realizado novo evento, trazendo os resultados obtidos e quais as ações que deverão ser tomadas pelos países, empresas e pela sociedade civil.
 
ORGANIZAÇÃO GERAL:
Prof. Weber Amaral – ESALQ - USP
Prof. Tércio Ambrizzi – IAG – USP
Prof. Pedro Jacobi – IEE – USP
 
APOIO A ORGANIZAÇÃO E CONTATO:
Cristina Guarnieri – INCLINE – IAG - USP
Email: mcdlguar@usp.br
Tel.: 011 – 3091-2835
 
INSCRIÇÕES:
Evento aberto ao público, com inscrição pelo e-mail: sedini@usp.br
Capacidade do auditório: 50 lugares
Transmissão ao vivo pela web, através do link: www.iea.usp.br/aovivo