Mestrado: Características da estação chuvosa em Moçambique: Probabilidade de ocorrência de períodos secos e padrões atmosféricos associados

Data: 
03/06/2016 - 09:00
Local: 
Sala 15 do IAG (Rua do Matão, 1226, Cidade Universitária)


Defesa de dissertação de mestrado
Aluno: Odete Amelia de Amilcar Macie
Programa: Meteorologia
Título: Características da estação chuvosa em Moçambique: Probabilidade de ocorrência de períodos secos e padrões atmosféricos associados

Comissão julgadora
Prof. Dr. Edmilson Dias de Freitas - IAG/USP
Profa. Dra. Angelica Durigon UFSM/Santa Maria-RS
Profa. Dra. Maria Isabel Vitorino – UFPA/Belém-PA
 
Resumo
Moçambique é um dos países da África cuja base de sobrevivência da maior parte da população depende da atividade agrícola, sendo que na sua maioria o tipo de agricultura praticado é de subsistência ou familiar, que dependem crucialmente das condições atmosféricas para o seu rendimento. Com objetivo de determinar o período apropriado para as épocas de semeadura e regiões de maior risco de ocorrência de veranicos, visando reduzir perdas agrícolas por déficit hídrico, foram determinadas as regiões homogêneas de acordo com o regime intrasazonal da precipitação, usando o método da Análise de Agrupamentos para o período de 1980-2012, que resultou em três regiões homogêneas em todo o país. Para estas três regiões foram determinadas datas do início e fim da estação chuvosa, de maneira a extrair os veranicos observados dentro da estação chuvosa, que podem ser responsáveis pelas perdas agrícolas. Os resultados mostraram que em média a estação chuvosa em Moçambique varia de uma região para outra, partindo do final de agosto até o mês de setembro (entre as pêntadas 49 e 54) e o termina entre abril e maio (entre as pêntadas 24 e 26).  Em seguida, com objetivo de identificar os períodos de maior ocorrência de veranicos foram calculadas as probabilidades de ocorrência dos mesmos para cada região homogênea, sendo constatado que a região mais propícia a ocorrência desses eventos é a região sul de Moçambique (Região 3). Finalmente, para definir condições atmosféricas associadas a veranicos foram calculados os campos médios defasados em duas pêntadas, baseados nos veranicos ocorridos dentro da estação chuvosa em anos neutros. Posteriormente, foi feita uma comparação entre os campos médios e o veranico ocorrido em 1980, para verificação da viabilidade do uso desses campos médios para a previsão de futuros veranicos, tendo sido observada uma grande semelhança entre os padrões encontrados nos campos médios e nos campos observados.
 
Palavras-chave: Veranicos, Estresse Hídrico, Produtividade Agrícola