Seminário: Transição generalizada do sistema brasileiro de uso da terra

Data: 
11/04/2014 - 14:00 - 15:00
Local: 
Auditório 1 do IAG (Rua do Matão, 1226, Cidade Universitária)
 
O Prof. Dr. David Lapola (IB/Unesp) apresenta o seminário do Departamento de Ciências Atmosféricas
 
Resumo:
Agropecuária, desmatamento, emissões de gases de efeito estufa e mudanças climáticas locais/regionais são processos intimamente relacionados no Brasil. Nesta palestra sobre artigo de revisão publicado na Nature Climate Change em janeiro de 2014 vou mostrar que estas relações têm mudado desde meados dos anos 2000, com a crescente intensificação e commoditização da agropecuária brasileira. Por um lado isso tem trazido ganhos ambientais como a pronunciada redução no desmatamento (que está se desacoplando da produção agrícola), resultando em uma queda  de ~40% na emissões de gases de efeito estuda no país desde 2005, e um potencial resfriamento do clima em escala local. Mas por outro lado, esses mudanças no sistema de uso da terra têm reforçado a já antiga desigualdade na /distribuição de terra, contribuindo para migração rural-->urbana que, em última instância, alimenta a expansão desordenada de áreas urbanas.
Argumenta-se ao final que a forte aplicação de políticas orientadas para o setor, e resolução do problema de longa data de reforma agrária no país, ao invés de simplesmente esperar auto regulação de mercado, são passos fundamentais para minimizar os efeitos deletérios da intensificação da agropecuária se quisermos seguir uma paradigma de uso sustentável da terra no Brasil.