Proficiência em Idiomas

Regulamento VIGENTE (válido a partir de 24/01/2014 e válido também para alunos antigos que optaram pela mudança para o novo regulamento de Programa, baixado pela Resolução CoPGr-6.674):

PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA

Os estudantes deverão demonstrar proficiência em inglês, tanto para o Mestrado quanto para o Doutorado. Os exames aceitos encontram-se descritos no processo de seleção (aqui). 

O exame de inglês para mestrado, aplicado pela CCP, consta de leitura de textos seguido de testes de múltipla escolha. O exame de inglês para doutorado e doutorado direto, aplicado pela CCP, consta de leitura de textos seguido de testes de múltipla escolha e de uma pequena redação em inglês. O uso de dicionário é permitido.
 

PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA (para estrangeiros)

Aos alunos estrangeiros, além da proficiência em língua inglesa, é exigida também a proficiência em língua portuguesa. Oriundos de países lusófonos ou indivíduos que possuam diplomas de graduação ou pós-graduação obtidos em países de língua portuguesa são considerados proficientes em português. Em qualquer outro caso, a proficiência em língua portuguesa deverá ser demonstrada de uma das seguintes formas:

1. Apresentação do Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (CELPE-Bras), no nível intermediário, fornecido pela Secretaria de Educação Superior, Ministério da Educação do Brasil. 

2. Exame de proficiência em português, aplicado pelo Centro Interdepartamental de Línguas da FFLCH USP, sendo a nota mínima exigida igual a 07 (sete). 

3. O exame aplicado pela CCP, que constará de uma redação em Português, sendo a nota mínima exigida igual a 07 (sete). O exame será realizado na própria unidade. 

Ao aluno estrangeiro que demonstrar a proficiência em língua portuguesa no Mestrado, não será exigido o exame no Doutorado.

Os candidatos estrangeiros deverão demonstrar proficiência em Língua Portuguesa até 365 dias após o início da contagem do prazo.


Regulamento (válido até 23/01/2014 e válido também para alunos antigos que optaram por permanecer no antigo regulamento):

PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA 

A comprovação de proficiência em língua estrangeira é pré-requisito para a inscrição no programa de mestrado e no doutorado. O idioma exigido nos dois casos é o inglês. Os exames aceitos encontram-se descritos no processo de seleção (aqui).

PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA (para estrangeiros)

Estudantes estrangeiros devem demonstrar proficiência em língua portuguesa.  Oriundos de países lusófonos ou indivíduos que possuam diplomas de graduação ou pós-graduação obtidos em países de língua portuguesa são considerados proficientes em português. Em qualquer outro caso, se exigirá a apresentação do Certificado de Proficiência em Língua

Portuguesa para Estrangeiros (CELPE-Bras), no nível intermediário, fornecido pela Secretaria de Educação Superior, Ministério da Educação do Brasil. A apresentação desse certificado deve ocorrer, no máximo, até 365 dias após o início da contagem de prazo do aluno no curso de mestrado ou de doutorado.

Recomenda-se ao aluno estrangeiro atenção ao calendário de exames do CELPE-Bras para que não haja a perda do prazo estipulado pela Pós-Graduação para a apresentação do certificado de proficiência.  O cronograma dos exames, assim como os procedimentos para inscrição, postos aplicadores e demais instruções podem sem encontrados nos sites:

http://celpebras.inep.gov.br/inscricao/