ASTROFÍSICA e COSMOLOGIA

A Astrofísica é a parte da Astronomia que procura estudar os astros aplicando, para isso, os conceitos de física, química etc. descobertos em laboratório. Em outras palavras, a Astrofísica é a Ciência que usa, como laboratório, todo o Universo. A Astrofísica utiliza, para seu trabalho, de diversos aparelhos astronômicos: telescópios, lunetas, espectrômetros, polarímetros, fotômetros, radiotelescópios, telescópios espaciais etc. 

A obrigatoriedade de usar instrumentos astronômicos específicos e a necessidade do conhecimento dos fenômenos físicos e químicos envolvidos, fez com que a Astrofísica só se desenvolvesse depois do advento dessas necessidades básicas, sendo esse o motivo pelo qual a Astrofísica só começou depois do século XVIII. 

Apesar de sua juventude, quando comparada com a Astrometria, a Astrofísica foi a parte da Astronomia que mais se desenvolveu no último século do segundo milênio, e isso graças ao avanço das ciências e da tecnologia. A Astrofísica procura, entre outras coisas, determinar a temperatura dos astros, sua composição química, sua estrutura física, suas fontes de energia, sua idade e evolução etc.

 A partir da observação de estrelas e suas características, o Astrofísico pode elaborar teorias que procurem explicar a origem e a evolução das estrelas. Além de estudar as estrelas de Nossa Galáxia, a Astrofísica é a responsável também pelo estudo de astros que estão fora da Via Láctea: as galáxias, o meio intergaláctico, os quasares etc. 

Cosmologia 

A Cosmologia é a parte da Astronomia que procura estudar o Universo como um todo. Na antiguidade o Universo se restringia ao Mundo observável, e daí surgiram as diferentes teorias que procuravam explicar os Sistemas do Mundo. Entre essas teorias estavam as idéias de geocentrismo e de heliocentrismo. Com o desenvolvimento da Astrofísica, o Mundo observável ficou muito maior e mais complexo, de modo que novas teorias tiveram que ser desenvolvidas para poder se explicar as novas descobertas. 

Mas algumas perguntas básicas continuaram a ser feitas e continuamos a fazê-las ainda hoje: o que é o Universo? Qual seu tamanho? Quando nasceu? Como se originou o Universo? Como ele evolui com o passar do tempo? Será que o Universo vai acabar algum dia? Se sim, quando? Como? Essas e outras perguntas igualmente desafiadoras fazem parte do trabalho de pesquisa dos cosmólogos. 

Para tentar responder a essas questões, a Cosmologia utiliza todos os meios científicos disponíveis. Podemos dizer que a Cosmologia trabalha, geralmente, nos limites do conhecimento científico, pois é ela, a cosmologia, que procura explicar como era o Universo, como ele é e como ele será;  para isso, a Cosmologia necessita das ferramentas mais modernas e poderosas disponíveis.