Matéria superdensa no universo

O século 21 começou sem uma resposta satisfatória para um dos maiores enigmas da física da matéria: sob que condições manifestam-se na natureza os graus de liberdade fundamentais da matéria fortemente interagente, quarks e glúons, descritos pela Cromodinâmica Quântica, ou QCD, na sigla em inglês. É consenso que esses graus de liberdade fundamentais estiveram presentes nos primeiros instantes da história do Universo, já que este passou por um processo que confinou os quarks e glúons no momento em que sua temperatura baixou para algo em torno de 160 MeV, resultando na formação da matéria hadrônica ordinária. Experimentos recentes conseguiram recriar, por períodos extremamente curtos, o plasma de quark-gluon em condições similares às do regime cosmológico. No entanto, existem no Universo atual outros sítios onde se espera que os graus de liberdade da matéria hadrônica apareçam e possam ser relevantes: o interior das estrelas super densas, no qual a temperatura atinge 10 bilhões de graus Kelvin e a densidade ultrapassa o valor da densidade de saturação nuclear. Desse modo, o estudo sistemático e abrangente de sistemas que contêm estrelas compactas fornece a possibilidade real de avançarmos na compreensão do diagrama de fases. Porém, é necessário apontar que pela complexidade desses objetos, não é possível avançar substancialmente utilizando apenas um número limitado de linhas de pesquisa e ferramentas, tanto teóricas quanto observacionais. Neste projeto temático, propomos uma série bastante abrangente de estudos destinados a melhorar a compreensão do problema das estrelas compactas e seu interior. Diante de novos resultados astronômicos oriundos de recentes missões espaciais, faz-se necessário um avanço teórico que explique a fenomenologia dos objetos compactos revelados. É nesse ponto que este projeto se insere com o objetivo de unir forças de seis instituições paulistas de excelência em astrofísica de estrelas compactas: ITA, IAG-USP, INPE, UNIFESP, UFSCAR e IFSP. (AU)

 

Coordenador: Manuel Máximo Bastos Malheiro de Oliveira

Departamento de Astronomia

Ministério da Defesa (Brasil). Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Divisão de Ciências Fundamentais (IEF)

Resumo em Português (http://www.bv.fapesp.br/pt/auxilios/87953/materia-superdensa-no-universo/):

 

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.
CAPTCHA
Esta é uma questão para saber se você é um visitante humano e evitar spam
1 + 11 =
Resolva este problema matemático simples e digite o resultado. Por exemplo para 1+3, digite 4.