Doutorado: Lentes gravitacionais fracas: técnicas de medida e seu uso como sistema de datação cósmica

Data: 
27/11/2019 - 14:00
Local: 
Auditório ADM210 do IAG (Rua do Matão, 1226, Cidade Universitária)


Defesa de tese de doutorado
Aluno: André Zamorano Vitorelli
Programa: Astronomia
Título: Lentes gravitacionais fracas: técnicas de medida e seu uso como sistema de datação cósmica

Comissão Julgadora:
Prof(a). Dr(a). Eduardo S. Cypriano (orientador)
Prof(a). Dr(a). Claudia L. Mendes de Oliveira – IAG/ USP
Prof(a). Dr(a). Gastão Lima Neto - IAG/ USP
Prof(a). Dr(a). Leandro José Beraldo e Silva - University of Central Lancashire
Prof(a). Dr(a). Marcos Vinicius Borges Teixeira Lima – IF/ USP
Prof(a). Dr(a). Clecio R. de Bom - CEFET-RJ / CBPF (por videoconferência)
 
 
Resumo
Neste trabalho, discutimos o uso de lentes gravitacionais fracas no contexto de formação da estrutura em larga escala. Usando lentes em correlação cruzada de sistemas empilhados do CFHT Stripe $82$ Lensing Survey (CS$82$), medimos massas e concentrações médias para os sistemas empilhados, ranqueados em tercis por intervalos de magnitude entre a galáxia central e a galáxia satélite mais brilhante, na banda $r$. Também dividimos as pilhas pelo deslocamento entre a galáxia central e o centróide de luminosidade das galáxias satélites. Encontramos que tanto altos intervalos de magnitude como baixos deslocamentos correspondem a concentrações maiores o que, por sua vez, são indicadoras de histórias de acreção de massa antigas. Adicionalmente, exploramos técnicas de medida de forma de galáxia para o futuro levantamento J-PAS, criando protocolos de medidas de forma que nos permitiram expandir nosso trabalho de astrofísica de aglomerados para novos dados.
Palavras chave: Lentes gravitacionais, Aglomerados de Galáxias, Estrutura em Larga Escala, Cosmologia, Redes Neurais Convolucionais