Mestrado: Inversão Conjunta 2D de dados de caminhamento elétrico e caminhamento TDEM aplicados a estudos hidrogeológicos em Taubaté/SP

Data: 
23/03/2018 - 14:00
Local: 
Sala 15 do IAG (Rua do Matão, 1226, Cidade Universitária)


Defesa de dissertação de mestrado
Aluno: Rodrigo Corrêa Rangel
Programa: Geofísica
Título: Inversão Conjunta 2D de dados de caminhamento elétrico e caminhamento TDEM aplicados a estudos hidrogeológicos em Taubaté/SP

Comissão julgadora
Prof. Dr. Jorge Luís Porsani –IAG/USP
Prof. Dr. César Augusto Moreira -UNESP/Rio Claro-SP
Dr. Cassiano Antonio Bortolozo –CEMADEN/São Jose dos Campos-SP
 
Resumo

Nesta Pesquisa é empregada a metodologia de Inversão Conjunta 2D de dados de caminhamento elétrico (CE) e caminhamento eletromagnético no domínio do tempo (CTDEM) para estudar a hidrogeologia da Bacia de Taubaté. A área de estudo localiza-se na cidade de Taubaté/SP, onde o Aquífero Taubaté é uma importante fonte de água. O Grupo Taubaté é o principal pacote sedimentar da bacia, sendo formado principalmente por folhelhos, que formam aquicludes, e arenitos, que formam o aquífero. Foram identificados 40 poços de exploração de água subterrânea na cidade, cadastrados no banco de dados do SIAGAS-CPRM, os quais fornecem informações importantes para a interpretação dos resultados. O objetivo da pesquisa é caracterizar a estratigrafia geoelétrica da subsuperfície para localizar o contato entre os sedimentos Quaternários e Terciários e mapear o aquífero. Os dados de CE investigam as camadas mais rasas, da ordem de dezenas de metros, e os dados de CTDEM investigam as camadas mais profundas, numa ordem de centenas de metros, portanto, fornecem informações complementares. Os resultados das inversões conjuntas de CE/CTDEM permitiram definir o contato entre os sedimentos Quaternários e Terciários em torno de 30 m de profundidade, a Formação Pindamonhangaba entre 30 m e 50 m de profundidade e o Grupo Taubaté entre 50 m e 300 m de profundidade. O topo do embasamento da bacia foi inferido em ~300 m de profundidade com base nas informações de poços e de geologia da bacia.

Palavras-chave: Caminhamento Elétrico (CE), Caminhamento Eletromagnético no Domínio do Tempo (CTDEM), Inversão Conjunta 2D CE/CTDEM, Bacia de Taubaté.