Mestrado: Ambientes de tripletos de quasares em 1 < z < 1.5

Data: 
20/10/2020 - 09:00
Local: 
Transmissão online


Defesa de dissertação de mestrado
Aluno: Marcelo Ciani Vicentin
Programa: Astronomia
Título: “Ambientes de tripletos de quasares em 1 < z < 1.5”

Comissão Julgadora:
Prof. Dr. Laerte Sodre Junior - IAG/USP – por videoconferência
Prof. Dr. Eduardo Serra Cypriano - IAG/USP – por videoconferência
Prof. Dr. Roderik Adriaan Overzier – ON – por videoconferência
Prof. Dr. André Luís Batista Ribeiro - UESC – por videoconferência
 
 
 
Resumo:
O presente trabalho se trata de uma análise do ambiente onde se localizam tripletos de quasares em 1 < z < 1.5. Para isso, foram utilizadas seis imagens multi-bandas no óptico (r, i, z, ou g,r,i), obtidas pela Megacam do telescópio CFHT, tendo como foco principal investigar se esses sistemas estão associados com protoaglomerados de galáxias. As imagens foram processadas e os objetos detectados foram mensurados fotometricamente e organizados em catálogos através do software SExtractor. O efeito de extinção causado pela poeira da Galáxia foi corrigido e as magnitudes instrumentais foram calibradas no sistema do SDSS. Em seguida, foram estabelecidos critérios fotométricos e morfológicos para separar objetos pontuais e extensos, uma vez que apenas as galáxias são relevantes para a nossa análise. Além das três bandas do óptico, foi utilizado o catálogo unWISE para incluir medidas em outras duas bandas do infra-vermelho médio (W1 = 3.6 microm e W2 = 4.5 microm), que foram fundamentais para estimar os redshifts fotométricos através de métodos de machine learning (MLM). Esta estimativa foi feita utilizando o catálogo de galáxias COSMOS2015 - o qual possui redshifts fotométricos altamente acurados - como conjunto de treinamento do MLM, que foi aplicado com o programa ANNz2. Nesta configuração, foi possível atingir bons resultados com dispersões da ordem de 4%. A análise da distribuição das galáxias nos redshifts dos tripletos foi feita a partir de mapas de significância de sobredensidade, produzidos com ténicas de estimadores de densidade (Kernel Density Estimator, KDE) Gaussianos em duas dimensões, e a significância da sobredensidade foi calculada. Todos os critérios adotados na nossa análise foram reproduzidos identicamente, ou da forma mais justa possível, em dados de simulações. Isto nos permitiu analisar a eficiência da detectabilidade de protoaglomerados de acordo com as limitações observacionais. Em apenas 1 dos nossos campos, o tripleto se encontra no centro de uma sobredensidade significativa e, portanto, indica uma provável associação com um protoaglomerado de galáxias em z ~ 1.12.
Palavras-chave: quasares: geral, galáxias: estruturas, galáxias: estatística, galáxias: fotometria, galáxias: distâncias e redshifts, catálogos, surveys, métodos: análise de dados