Comparação de aproximações não Hiperbólicas de Tempos de Trânsito de Dados Sísmicos utilizando Diferentes lgoritmos de Otimização

 

Autores: 
Zuniga, N.R.C.F.
Informações Gerais
Departamento: 
geofisica
Título do Livro: 
Estudos Teórico-Metodológicos nas Ciências Exatas
Ano de Publicação: 
2020
Número de Volumes: 
1
Página Inicial: 
86
Página Final: 
90
ISBN: 
978-65-81740-05-4
Edição: 
1
Editora: 
Atena Editora
Palavras-chave: 
1. CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA. 2. ENGENHARIA. I. GONÇALVES, ANTONIO MACHADO FAGUNDES.

O processamento de dados sísmicos multicomponente é um desafio quando se trata da análise de velocidades em levantamentos offshore, e a dificuldade aumenta quando utilizada a tecnologia Ocean Bottom Nodes. A assimetria no traçado de raios causada pela conversão de onda compressional em onda cisalhante e a diferença de datum entre fonte e receptor geram uma não-hiperbolicidade no evento de tempos de trânsito de onda sísmica. Longos afastamentos fonte-receptor e a complexidade estrutural do modelo do pré-sal da bacia de Santos também contribuem para que o evento seja fortemente não-hiperbólico. Com o intuito de solucionar este problema, foram utilizadas três equações não-hiperbólicas multiparamétricas para que seja possível caracterizar este comportamento. Devido à quantidade de variáveis presentes em cada equação, o estudo foi tratado como um problema inverso segundo um critério de otimização, utilizando três algoritmos de busca diferentes. Para compreender o comportamento de cada equação foi feita a análise de complexidade da topografia de função objetivo utilizando norma L1 e L2. Dessa maneira, foi possível determinar a combinação de equação e algoritmo de otimização apresentou os melhores resultados e melhores tempos de processamento para o modelo analisado.